Como estragar uma entrevista de emprego

Sua entrevista para o novo emprego começa antes de você se sentar na desconfortável cadeira. Ela começa com a apresentação de uma candidatura ou currículo e inclui comunicação para agendar uma entrevista, a entrevista propriamente dita, e a conversa pós-entrevista. Cada interação narra ao seu possível empregador quem você é e qual o tipo de funcionário que você vai ser. Se quiser ter a certeza de que NÃO vai conseguir o trabalho que está procurando (ou uma futura abertura de vaga na empresa), siga estas etapas:

•    Candidatar-se a empregos para os quais você não está qualificado. Se candidatar para todas as vagas numa organização, independentemente de suas qualificações. O empregador que vê o seu currículo cada vez que há uma posição disponível vai acreditar que você é: a) descontente; b) inseguro de suas metas; c) gastando muito tempo do trabalho para aplicar outros empregos; d) impossibilitado de ler uma descrição do trabalho; ou e) todas as anteriores. Além disso, a sua presença familiar pode resultar na sua candidatura a ser ignorada, mesmo para uma posição para a qual você está qualificado.

•    Não revisar seu currículo e carta de apresentação. Faça erros ortográficos e mau uso da gramática para sugerir ao empregador que você é iletrado ou disléxico. Uma candidatura mal escrita é especialmente eficaz para perder postos de trabalho que exijam precisão e boa escrita.

•    Tenha pobres maneiras ao telefone. Seu primeiro contato verbal com um possível empregador será normalmente por telefone. Se você quiser fazer uma má impressão, tente atender o telefone com uma voz sonolenta, no meio do dia, com uma saudação de, "Ei cara", pensando que seu melhor amigo está te ligando de volta, ou quando estiver dirigindo ou ocupado de outra forma. Se você não estiver disponível, aquela mensagem de correio de voz casual ou sem sentido que é tão engraçada para seus amigos ou família podem dar uma má impressão de você.

•    Apareça muito tarde ou muito cedo. Aparecer atrasado demonstra que você é desorganizado e não respeita o tempo do entrevistador. Anunciar a sua chegada mais de 15 minutos mais cedo, vai inevitavelmente apressar o entrevistador, e pode deixá-lo desorganizado, com fome, com sede, ou com vontade de ir ao banheiro durante a sua entrevista.

•    Vestir e agir como um pateta. Usar roupas que são mais casuais do que as usadas pelos empregados da empresa, ou qualquer coisa que esteja amassada, rasgada, virada ou não cabendo direito. Carregar a sua papelada em uma forma desordenada. Afundar-se para baixo na cadeira ou se inclinar pra frente sobre a mesa. Evitar contato com os olhos e o aperto de mãos ou esquecer de agradecer ao entrevistador pelo seu tempo.

•    Reclamar. Reclamar sobre o transito ou tempo quando estava vindo para a entrevista, as instruções de como chegar que lhe foram fornecidas, o tempo que levou para a entrevistas ser agendada, ou o seu atual empregador ou colegas de trabalho. Fazer isso, mesmo um pouco, durante a entrevista irá com certeza sugerir ao empregador que você será um constante reclamão se for contratado.

•    Não responder a perguntas que não gosta. Se o entrevistador lhe fizer uma pergunta que não destaca um de seus pontos fortes, ignorar a questão e aproveitar a oportunidade para falar de outra coisa completamente. (Veja o quão bem sucedida esta estratégia é para os políticos!)

•    Usar a entrevista como uma caixa de sabão. Se você é um candidato interno, aproveitar a oportunidade para falar sobre tudo o que está errado com a organização e indicar por que você é o único que pode consertá-la.  Se você pode descobrir quem são os outros candidatos internos, certifique-se de mencioná-los e as suas insuficiências.

•    Falar muito (ou não o suficiente). Escolha uma das duas seguintes abordagens: 1) Responda cada questão com o mínimo de palavras possível. Respostas sim e não irão garantir que os entrevistadores não vão te conhecer muito bem; 2) Continue respondendo a cada um até que você não consiga pensar em mais nada para dizer. Será útil se você lembrar que você entrou num caminho muito longo, caso o entrevistador não tenha percebido.

•    Dizer ou fazer qualquer uma das seguintes coisas. Confessar que não se lembra de se candidatar para a posição para a qual você está sendo entrevistado; descrever como você adormeceu em um emprego anterior, indicar que você trabalhar muito duro na sua posição atual e estão à procura de um emprego onde você pode relaxarç quando perguntados o que lhe interessa sobre a posição para que se candidata, mencionar o salário, plano de 401K, ou férias antes de mencionar a natureza do trabalho; perguntar quão grande será seu escritório; sugerir formas que a empresa pode melhorar o trabalho que você nunca fez ; Reconhecer que você está qualificado demais para uma posição e indicar a sua expectativa de que será um trampolim; perguntar quantas outras pessoas estão aplicado para a posição e se você é ou não o principal candidato; pedir uma resposta sim ou não em uma determinada data .

•    Não dizer obrigado. Não se manifestar no final da entrevista ou em uma segunda carta que você está grato por ter sido selecionado para uma entrevista, agradecer o tempo do entrevistador e respeitar o seu juízo e necessidade de tempo durante o processo de tomada de decisão.

•    Questionar o julgamento do empregador, se você não conseguir o trabalho.
Se você não for o candidato escolhido, colocar o entrevistador contra a parede, perguntando-lhe exatamente por que você não foi selecionado e o que fez com que os outros candidatos fossem muito melhor. Se não concordar com a resposta, argumentar com ele. Isto irá assegurar que ele nunca mais vai querer entrevistá-lo novamente.

OK, então se você realmente deseja o emprego, talvez você não deva fazer nenhuma dessas coisas. Em vez disso, tente:

•    Você está aplicando para empregos para os quais você é qualificados e está interessado. Tudo bem aplicar para um emprego para o qual você está marginalmente qualificado. A qualidade e o número de candidatos varia frequentemente em oportunidades de emprego semelhantes e uma pessoa brilhante que esteja disposta a aprender, por vezes surge como um bom candidato.

•    Faça um amigo com uma boas noções de escrita revisar seu currículo e carta de apresentação. Destaque os seus pontos fortes e habilidades, mas não faça uma bolsa de seda de uma orelha de porco. Um recém-graduado não precisa de um currículo de 3 ou 4 páginas.

•    Certifique-se de responder a cada telefonema como se fosse um potencial empregador. Substitua essa bobagem da secretária eletrônica com algo que soe mais profissional.

•    Chegue exatamente 15 minutos mais cedo. Isso mostra que você é pontual e gosta de estar preparado, mas compreende perfeitamente que o mundo não gira em torno de você.

•    Vista-se um nível acima do que você esperaria que se vestir como um empregado. Se você não sabe como é, chamar o recepcionista e pergunte. Certifique-se de passar as suas roupas.

•    Seja honesto, simples, e positivo em todas as suas respostas. Ao responder perguntas que não podem brincar com seus pontos fortes, mostre uma vontade de aprender e fazer ver o copo como meio cheio.


•    Dê uma resposta completa para que os entrevistadores possam te conhecer. Dê informações adicionais quando for pertinente ou quando for complementar um comentário feito pelo entrevistador.

•    Faça pelo menos um comentário que mostre que você pesquisou a empresa antes da entrevista. Isto nunca deixa de impressionar um possível empregador.

•    Manifeste o seu sincero agradecimento e dê seguimento com uma carta se achar que a entrevista correu bem. É apenas boa educação.

•    Se você não for selecionado, reconheça que deve ter sido uma decisão difícil. Repita a sua gratidão pela oportunidade da entrevista, e peça para ser considerado para futuras vagas.