Como escolher um piso de madeira

O que há em um piso? Na verdade, muitas coisas. Caso você decida colocar um novo piso de madeira de lei em sua casa, há muita coisa a se considerar. Qual visual você quer criar? Quanto de desgaste é esperado? Quanto você quer gastar? E quanto à cor de todo o conjunto e a qualidade da madeira? Aqui estão algumas dicas e orientações para os donos de casa que estejam afim de explorar uma opção para pisos de madeira.

  1. Vitrines. Antes de fazer um orçamento, e uma compra direta, examine algumas vitrines de lojas. Marceneiros e lojas especializadas em pisos de madeira fornecem amostras e exemplos de instalações. Também veja o que seus vizinhos, amigos e familiares têm em casa. Consiga amostras e decida o visual que procura. Considere o tom, acabamento, e dureza da madeira.
  2. Cor. Qual tom você deseja para o chão? Pisos de madeira de lei podem ser vermelho-acastanhado, mostarda, cereja, chocolate, branco-roxo se quiser. O que cai melhor com sua decoração? Se tem uma casa escura, considere iluminá-la com um carvalho branco ou pinho amarelo. Se deseja criar uma aparência vintage, considere os tons mais escuros. Tente combinar seu mobiliário com o piso e as paredes. Se não é "talentoso" combinando cores, peça a um profissional ou simplesmente a opinião de alguns amigos.
  3. Largura. Pisos de madeira vêm em variedades de tiras e tábuas. As tiras são mais estreitas, enquanto a tábua é uma junção de várias placas fabricadas juntas.
  4. Dureza. Se você tem uma família com cinco crianças que gostam de jogar bola e fazer alvoroço dentro de casa, um pinho macio não é a escolha ideal para a sua sala de estar. Certas madeiras empenam mais que outras. O olhar angustiado é desejável para algumas pessoas, mas não para outras. Saiba sobre a dureza da madeira antes de tomar uma decisão. Na FloorFacts  há um gráfico que pode ser usado como orientação.
  5. Arestas. Existem três maneiras fundamentais que os pisos de madeira em tábuas ou tiras são casados nivelados juntos, chanfrado, e suavizados nas arestas. No modo nivelado, não há qualquer desnível visível entre as tábuas ou tiras. No modo chanfrado, há uma forma em v formada entre cada tábua/tira. A opção com arestas suavizadas é uma versão superficial do modelo chanfrado, e tende a disfarçar algumas falhas que o seu piso natural possa ter. O modelo nivelado dá um visual mais moderno, enquanto os modelos chanfrado e com as arestas suavizadas são consideradas mais rústicas por algumas pessoas.
  6. Orçamento. Após ter feito um pesquisa em vitrines e comparações, considere as etiquetas de preço dos pisos. Em caso de não poder instalar três mil metros quadrados de madeira de cerejeira brasileira, peça a um profissional outro tipo de madeira que se pareça mais. Há sempre opções mais acessíveis a serem feitas. Pisos de madeira têm seu preço fixado por metro quadrado e metro quadrado instalado, então, certifique-se de obter a quantidade exata do seu fornecedor ou loja antes de fechar o orçamento.
  7. Outras opções: Piso laminado. Uma maneira que as pessoas acharam para evitar os custos associados aos pisos de madeira novos é não colocá-los. Os pisos laminados são considerados bons substitutos para pisos de madeira de lei, pois se parecem com madeira, mas não empenam ou apresentam tons variados e manchas. São mais resistentes à água e podem lidar melhor com arranhões. Mas verifique se você fica satisfeito com o visual de um piso laminado, já que a laminação é uma imitação, e não um substituto da madeira de lei.