Como transferir VHS para DVD

O vídeo VHS é inconveniente no mundo digital de hoje, e há muitas pessoas que querem convertem suas gravações de vídeo antigas para DVD. Você certamente pode encontrar um serviço que irá fazer esta conversão para você, mas estas transferências podem se tornar caras se você tem várias fitas para converter. Este artigo irá descrever duas formas de transferir aquela fita VHS da sua formatura, casamento ou festa de aniversário para DVD para que você possa ter uma cópia digital mais permanente para compartilhar com sua família e amigos.

Se você está  procurando por uma forma de transferir antigos VHS, mas as gravações são filmes ou séries de TV populares – ou mesmo pouco conhecidos e sem popularidade – não compre um hardware caro e gaste muito tempo com seu VHS! Você se dará muito melhor indo a um website onde você pode baixar estes filmes e séries de TV para o seu computador – Eu recomendo que você confira o TheMovieDownloads.com.

Gravando com um Gravador de DVD: Um gravador de DVD é um dispositivo de vídeo especificamente projetado para que os consumidores gravem para DVD, mesmo que eles não tenham um computador.

Vantagens: Gravadores de DVD normalmente irão gravar de fontes analógicas como aparelhos de VHS, câmeras de vídeo antigas ou mesmo TV a cabo. Eles também irão gravar de fontes digitais como filmadoras ou aparelhos de DVD. Como mencionado, com um gravador de DVD você não irá precisar de um computador para fazer gravações de DVDs.

Desvantagens: O que os gravadores de DVD não irão fazer é gravar fitas ou DVDs protegidos contra cópia. Eles são freqüentemente difíceis de integrar com um sistema de entretenimento áudio-vídeo caseiro devido à falta de entradas e saídas de caixas de cabos e VCRs. Eles também têm uma capacidade para editar muito limitada. E um dos maiores inconvenientes de todos é o preço. Eles não são baratos, com os modelos menos caros a partir de U$200 na época deste artigo. Eles também podem ser complexos e confusos. Se você tiver problemas com um VCR convencional, então um gravador de DVD pode ser um verdadeiro desafio para instalar e utilizar.

Mas se você decidir comprar ou pegar emprestado um gravador de DVD, não é muito difícil transferir uma gravação de VHS para DVD.

  1. Conecte o gravador de DVD à fonte de vídeo. Use o cabo de S-vídeo de mais alta qualidade que você conseguir encontrar; caso contrário, use cabos de dublagem RCA para tanto o vídeo quanto o áudio. Conecte da saída do aparelho de VHS para a entrada do gravador de DVD. Conectar a uma fonte digital é diferente. Consulte o manual do seu gravador.
  2. Selecione sua mídia de gravação. A maioria dos gravadores de DVD grava para DVD-R, DVD-RW, DVD+R e DVD+RW. Os formatos –R e –RW são normalmente mais compatíveis com outros aparelhos de DVD, especialmente aparelhos mais antigos, mas você deveria gravar e testar para ter certeza da compatibilidade. Se você for gravar para um disco DVD-RW ou +RW que foi gravado anteriormente, você irá precisar apagá-lo primeiro. O manual do seu equipamento irá lhe dizer exatamente como fazer isto.
  3. Ajuste seu gravador de DVD para visualizar o sinal de entrada. Normalmente você irá pressionar record (gravar) e pause (pausar).
  4. Posicione a fonte da fita VHS no começo e confira a entrada do gravador. Este é um passo crítico. Se você não acertá-lo, você irá desperdiçar um DVD virgem ou irá ter uma gravação inferior.
  5. Comece a gravação e comece a passar a fonte de VHS. Não corte o começo passando o vídeo antes de começar a gravar.
  6. Assista a gravação ou programe para parar o processo no final. Você não quer continuar a gravar estática no final da fita.
  7. Se desejado, adicione outra fita ou passagem para a gravação. Você não está limitado a apenas uma fonte de fita por disco. Se você tem um número de pequenas gravações que iriam ficar bem juntas, mude as fitas, e adicione estas à sua gravação de DVD.
  8. Finalize o processo. Diferente de um gravador de VHS, um gravador de DVD requer alguns passos extras antes de você estar pronto. O DVD não pode ser executado em um aparelho comum até que esteja finalizado. Primeiro, decida de você quer adicionar pausas de capítulos para a gravação. Eu recomendo muito que você o faça. Siga o manual do seu gravador. Definir capítulos é normalmente tão fácil quanto encontrar os pontos certos e apertar um botão no seu controle remoto para definir um capítulo. Gravações múltiplas irão aparecer no menu do DVD como títulos diferentes. Você estará apto a classificar estes títulos para playback. Quando você tiver terminado de administrar o conteúdo do DVD, você finaliza o DVD, o gravador irá criar as pausas de capítulos e o menu do disco, e você estará pronto.


 

Gravando com um Cartão de Captura: Eu recomendo muito este método de transferência de vídeo VHS para DVD. Se você já tem um gravador de DVD e um amplo disco rígido, este método é muito menos caro.

Vantagens: Utilizar um cartão de captura é geralmente a forma menos cara de gravar uma fita de VHS. Este método também permite uma edição muito mais flexível. Você pode editar o vídeo gravado no seu disco rígido em muitas formas diferentes com muitas utilidades que podem realçar o seu produto final. Cartões de captura freqüentemente incluem sintonizadores de TV, então se você quer adicionar capacidades de TV para o seu desktop, esta é outra vantagem. O método de cartão de captura pode também permitir que você grave uma fonte VHS protegida contra cópia. Você deve fazer isto apenas se você possuir a gravação original e planeja usar a cópia apenas para propósitos de arquivamento. Não use isto como um método de piratear vídeos.

Desvantagens: A qualidade pode sofrer durante o processo de transferência. O vídeo analógico original será convertido para formato digital, e o sinal será comprimido. Ambos os processos podem degradar a qualidade do seu vídeo. Use a configuração de mais alta qualidade permitida pelo seu cartão de captura sem lotar seu disco rígido. Outra possível desvantagem de um cartão de captura é a quantidade de espaço no disco rígido que você irá precisar. Você precisará de um amplo disco rígido se você quiser fazer muitas gravações ou edições de vídeo. Você obviamente também precisa de um gravador de DVD, então o custo total de um cartão de captura, disco rígido e gravador de DVD pode ser mais ou menos o mesmo que o de um gravador de DVD completo. Você pode conseguir um cartão bem eficiente por menos de U$50. Você também pode pagar centenas. Faça uma busca na web por “críticas de cartões de captura de vídeos” (sem as aspas) para ter uma idéia do que irá ser apropriado para suas necessidades.

Vamos começar. Siga estes passos para transferir seu vídeo de VHS para DVD.

  1. Configure seu cartão de captura. Você irá gravar normalmente para o seu disco rígido em formato AVI. Escolha uma configuração de alta qualidade, normalmente 720x480 (formato padrão de vídeo digital). Especifique um disco rígido com muito espaço livre. Você irá gerar várias centenas de megabytes, ou mesmo mais que um gigabyte, se a gravação de sua fonte é longa. E você irá precisar de ainda mais espaço se editar cópias do arquivo resultante. As outras configurações irão provavelmente ficar bem em seu padrão, por exemplo 29.97 frames por segundo, etc.
  2. Conecte o aparelho de VHS ao cartão. Use o cabo de S-vídeo de maior qualidade se há uma opção; de outra forma, use cabos com conectores RCA. Use um cabo co-axial e o sintonizador do cartão apenas como último recurso.
  3. Visualize a fonte e faça uma gravação de teste. Execute um pouco da fita. Grave para o disco rígido. Então execute o fragmento de AVI que você acabou de por no disco. É o tamanho certo? Como está a qualidade de vídeo? E quanto aos níveis de áudio?
  4. Faça sua gravação. Quando você estiver satisfeito que as suas configurações irão produzir um filme de boa qualidade, comece a gravar, então comece a executar a fita. Mantenha um olho no tamanho do arquivo. Arquivos de AVI padrão podem ter um tamanho máximo de 2GB. Formatos especiais podem ultrapassar este limite, mas então você estará em um limite de arquivo de sistema de 4GB. Seu DVD pode ter qualquer duração. Use seu software de gravação para unir os segmentos de 2GB para fazer um filme mais longo no disco. Monitore o processo de gravação. Pare a gravação quando a fonte terminar.
  5. Edite o AVI conforme necessário. Você pode querer ajustar o nível do volume ou brilho ou algum outro aspecto da sua gravação antes de gravar para o DVD. Use um utilitário como o VirtualDubMod.
  6. Grave o AVI para DVD. Veja o artigo associado Como Converter AVI para DVD.

Independentemente de qual método você escolher, transferir seus filmes de VHS para DVD irá adicionar muitos anos à vida dos seus vídeos. Você não precisará mais se preocupar que a fita fique estragada, e fazer cópias para seus amigos e parentes será fácil.

Ferramentas Necessárias:

Você irá precisar de algum tipo de hardware, não importa qual método de transferência você escolher.

Cuidados:

Nunca descarte sua fonte de VHS. DVDs são mais duráveis que fita, mas se todas as cópias se perderem, seu vídeo estará perdido para sempre.

Dicas rápidas:

Sempre grave na configuração de maior qualidade para preservar a melhor cópia possível do seu vídeo.

Se você tiver problemas para ligar um VCR padrão, conectar um gravador de DVD pode ser um desafio para você.