Como converter um pré-amplificador em uma distorção de guitarra

Entusiastas de guitarra podem ser desencorajados pelos preços dos processadores e pedais de guitarra. Este é um método barato de converter seu velho pré-amplificador em um pedal de guitarra, exigindo somente três componentes baratos. Eu gastei um total de menos de 1$ nesta peça.

Pré-amplificadores são conhecidos tecnicamente como “Amplificadores de voltagem”. O pedal descrito abaixo distorce parte da senoidal para produzir a infame harmonia dos guitarristas de rock.

  • Abra seu velho pré-amplificador e tente localizar o amplificador de voltagem “transistor”. Isso é bem simples; apenas siga o caminho do sinal de entrada (música) até que ele leve ao transistor de primeiro estágio.
  • Sua análise do circuito continua e você precisa determinar o número de estágios de amplificação. Isso pode variar de 1 a 4.
  • Determine o estágio de amplificação que fornece um saída de sinal de 1V p-p, isso é geralmente o último estágio do pré-amplificador. É aconselhável trabalhar sobre a seção fuzz neste estágio para que possamos acomodar uma variedade de impedâncias de entrada.
  • Determine a base deste transistor. Simplesmente toque nesta seção com uma pequena chave de fenda para escutar a reprodução do som no auto-falante. A base fornece o nível mais alto de barulho.
  • Analise o circuito projetado ao redor da base. Isso normalmente consiste de um alimentador de entrada através de um capacitador. Ele provavelmente é dirigido por um par divisor de resistor-voltagem. Tente determinar a taxa de divisão do resistor superior (conectado a polaridade de voltagem positiva) e o menor. Ele se aproxima do ponto de corte.

    Exemplo: se a voltagem é 9V, o resistor mais alto é 2K ohms e o menor é 1K ohm. Então a taxa indica uma base de voltagem de 3V. Isso é importante para saber em que medida você pode conduzir um fuzz sem queimar qualquer um dos componentes.

  • Um diodo consiste de dois conectores finais. Uma extremidade é chamada de “junção N”, distinguindo-se por uma “marca/ponto”. A extremidade oposta é chamada de “junção P”.

    O tipo P e N são classificações comuns para semicondutores.  Eles denotam os carregadores primários (por exemplo, elétrons do tipo N e buracos do tipo P).

    Depois de identificar as extremidades P e N, conecte a extremidade P do diodo na base do terminal do transistor e a junção N para um controle de potenciômetro de 100 K ohm. O limpador do potenciômetro é conectado a um resistor protetor de 220 ohm.

    Os valores típicos dos componentes exigidos são:

    • Diodo de IN4001 ou equivalente
    • Potenciômetro de 100K
    • Resistor 220 ohms (pode ser identificado pela codificação por cores Vermelha Marrom)

  • Então, finque esta extremidade do resistor do circuito no chão (polaridade negativa de fornecimento de energia)
  • Ligue na sua guitarra e toque... Ajuste-o para variar o efeito de distorção.


Os circuitos acima trabalham 'cortando' o balanço positivo da entrada sinusoidal. À medida que este ‘corte’ ocorre, é governado ajustando o potenciômetro. Ele pode ser variado de distorção leve até distorção de heavy metal.