Como incentivar a nutrição infantil

Ter filhos vem com alguns estresses, responsabilidades e alegrias. Uma das maiores responsabilidades que parece estar na mente de todos os pais hoje em dia é como ter a certeza de que as crianças fazem escolhas alimentares saudáveis. Com a imensa quantidade de escolhas não saudáveis lá fora, o aumento da obesidade infantil, e à grande quantidade de publicidade dirigida às crianças, não é de admirar que os pais congelem quando se trata de encontrar alternativas saudáveis para a interminável quantidade de junk food. Qualquer mãe pode incentivar a alimentação saudável nas suas crianças, seguindo alguns passos simples.

  1. Seja um bom modelo. Se seus filhos te vêem pegando uma bolacha do pote uma hora antes do jantar, você está enviando a mensagem de que lanchinhos não saudáveis antes das refeições são ok. Crianças também reparam as escolhas que você faz quando se trata de lanches. Se você precisa comer algo antes do jantar, esteja consciente de suas escolhas. Em vez de meia dúzia de salgadinhos, experimente um punhado de uvas ou biscoitos água-e-sal. Quando você começar a fazer escolhas saudáveis de lanches para si mesmo, seus filhos vão ver isso e começam a fazer o mesmo. Você não pode fazer com que eles tenham apenas alimentos saudáveis, enquanto você lancha as bolachas.
  2. Retire a tentação. Se você quiser que o seu filho coma alimentos saudáveis, então uma maneira infalível de se fazer isso é oferecer alimentos saudáveis em uma base diária. Lanchinhos açucarado, doces e salgadinhos deveriam ser uma surpresa e não uma parte de uma dieta diária da criança. Limitar esses lanches envia a mensagem de que está tudo bem comê-los de vez em quando, mas não o tempo todo. Uma criança que tem principalmente opções saudáveis disponíveis vai optar mais frequentemente por coisas que são boas para ele, e hábitos alimentares saudáveis passarão a ser a norma na sua casa. Isto não quer dizer que não vai haver momentos em que a tentação irá atacar, mas quando isso acontecer, esteja preparado. Por exemplo, se você sabe que você estará fora de casa, ao invés de ir ao drive-thru para algumas batatas fritas e um hambúrguer, opte por tirar alguns minutos antes de sair e fazer alguns lanchinhos saudáveis para levar. Levar frutas, vegetais crus, castanhas ou mini-sanduíches, e algumas garrafas de água ou suco de fruta, irá remover a tentação de comer em algum lugar com alto teor calórico e alto teor de gordura nos alimentos. É um pequeno passo no sentido de incentivar seu filho a ter boa alimentação, mas um passo importante.
  3. Variedade é o tempero da vida. É importante oferecer a seus filhos alimentos saudáveis, mas é igualmente importante oferecer uma ampla variedade para eles, também. Ter muitas opções diferentes para escolher não só ajuda a manter suas crianças interessadas nos alimentos que ingerem, mas também garante que estes tenham as quantidades necessária de vitaminas e minerais diariamente. Você não precisa ter apenas uma variedade de alimentos para seu filho, mas você também precisará tê-los facilmente disponíveis. Ter alimentos saudáveis que são convenientes e disponíveis agora (com pouca ou nenhuma preparação) também irá ajudar a eliminar a tentação de pegar um punhado de chips de um saco. Uma forma de se certificar de que estão disponíveis é comprar lanches em porções individuais. Um bom exemplo disto é a maçã ou copos de frutas. Outra forma de tornar os alimentos saudáveis mais prontamente disponíveis é prepará-los com antecedência. Lavar os legumes e cortá-os se for necessário, pode torná-las mais atrativos para uma criança. Crianças gostam do aqui e agora – ter o caule do aipo ou brócolis já lavados e cortados poderão ajudá-los a satisfazer sua necessidade de gratificação instantânea (para não falar de manter os dedos deles intactos!)
  4. Torne isso um negócio familiar. É possível incentivar a boa nutrição quando se envolve toda a família. Fazendo os hábitos alimentares saudáveis parte da vida de sua família, seu filho vai crescer sabendo a importância de comer direito e fazer boas escolhas alimentares. Existem três maneiras fáceis de ensinar seu filho a importância da boa nutrição:
  1. Leve seus filhos às compras com você. Deixe-os a encontrar os itens na sua lista. Deixar que eles ajudem é uma ótima maneira de se envolverem. Além disso, você pode fazê-los escolher os petiscos que eles querem, dando-lhes uma escolha de dois a três lanches saudáveis. Deixando-os escolherem, você está colocando-os no controle do que entra no corpo deles. Enquanto faz compras, fale sobre as diferentes opções disponíveis para eles e o que eles gostam. Você também pode falar de onde alguns dos alimentos vêm e como a comida chega à loja.
  2. Deixe-os ajudá-lo a preparar as refeições. Fazer as crianças se envolverem na preparação deste processo pode algumas vezes levá-los a comer melhor na mesa. Eles ajudaram na elaboração da refeição, de forma que eles estão mais aptas a querer comer algo que eles fizeram (ou ajudaram a fazer). Você pode fazê-los ajudar contando, separando e lavando. Tenha em mente que esta é também uma boa oportunidade para falar sobre a importância da lavagem e segurança alimentar, mas em termos que eles possam compreender. As crianças querem saber sobre o seu mundo. Quanto mais você puder compartilhar com eles, melhor entendimento elas terão. Quando você deixa seu filho ajudar a preparar uma refeição, você também lhes dá uma melhor compreensão do que se precisa para fazer a refeição.
  3. Coma uma refeição familiar juntos. Não tem que ser o jantar, pode ser o almoço, café da manhã ou um lanche. Comer em conjunto permite o tempo para descansar, refletir e partilhar. Quando as famílias se sentam para uma refeição, abre a oportunidade de partilhar e discutir todos os tipos de coisas. Você pode falar sobre quem o ajudou a fazer o que você está comendo e como eles ajudaram. Deixar eles compartilharem e dizer uns aos outros como eles ajudaram a preparar a refeição lhes dá um sentimento de importância.
Existem várias maneiras de incentivar uma criança a ter hábitos alimentares saudáveis. Mantendo as coisas simples para uma criança, oferecendo escolhas, falando de bons hábitos alimentares, e praticando os métodos que você está tentando ensinar seu filho vai mostrar que é importante comer direito. Mesmo se você usar somente uma dessas idéias, o seu filho vai aprender pelos ideais que você pôs em prática.