Como utilizar a resolução de conflitos no seu relacionamento

Relacionamentos dão muito trabalho. Muitas vezes durante toda a duração de um relacionamento, existem conflitos. Como você lida com estes conflitos é importante para manter seu relacionamento feliz e seguro. A resolução de conflitos é freqüentemente recomendada pelos conselheiros quando aconselham jovens sobre como lidar com situações que podem potencialmente causar um problema. Como você pode usar a resolução de conflitos no seu relacionamento?

  • Quando ocorre um conflito ou você achar que um conflito pode surgir de uma determinada situação, é importante identificar e definir o conflito. Quando você está começando a argumentar ou discordar de alguma coisa, vocês dois têm que dar um passo para trás para perceber a discordância entre o que está ocorrendo e porquê. Se o problema é que um de vocês está chateado com a falta de esforço do outro para limpar a casa, a pessoa que está chateada deve primeiro identificar o problema. Depois, ambos precisam se sentar juntos para definir exatamente por que isso é um problema.
    • Quando você identificar o problema com o seu amado, não use um tom de voz rude ou imponha culpas. Os problemas raramente são unilaterais e ninguém quer ouvir a ninguém que está falando rudemente. Tente usar um tom de voz calmo e lembre que o seu amado tem sentimentos. Seja sensível, ainda que direto, quando identificar o problema que você perceber.
    • Lembre-se de não levantar o passado, brigas ou conflitos alheios neste momento. Foque exclusivamente neste conflito, para solucioná-lo melhor.
  • Uma vez identificado e definido o problema, vocês devem concordar em trabalhar no problema até que vocês cheguem a uma resolução. Isto significa encontrar tempo para trabalhar no que está errado. Não basta varrer o problema para debaixo do tapete ou agir como se não fosse grande coisa. Se algo está incomodando alguém em um relacionamento, então ambas as partes têm que entrar em acordo para resolvê-lo juntos. Se você não resolver isso, muitas vezes ele vai inflar e crescer ou causar mais problemas no futuro. Se você não for capaz de se sentar e discutir o problema com o seu parceiro no momento exato do problema, defina uma hora e faça-o a esta hora. Se necessário, você pode acabar gastando um bom tempo para falar e tentar resolver o conflito. Está tudo bem!
  • Quando chega a hora de falar, cada um de vocês deve expressar seus sentimentos individuais sobre o problema. Não fique enrolando ou ignore como você está se sentindo. Use declarações 'Eu sinto’ quando se expressar - coisas como: "Eu me sinto zangado que eu faço as tarefas domésticas de todos", ou, "Eu sinto que você não acha que você deveria estar me ajudando." O parceiro deverá ouvir essas declarações e responder com uma declaração adequada, não-defensiva, como "eu realmente aprecio tudo o que você faz por conta da casa. Muitas vezes me sinto sobrecarregado quando você constantemente me diz que não estou fazendo o suficiente para te ajudar”. Declarações “eu sinto” podem ser muito poderosas ao comunicar-se com seu amado. É importante também lembrar-se de deixar o seu parceiro falar sem interrupção. Você deve ter a mesma cortesia em retorno quando chegar a sua vez de falar.
  • Uma vez que você expressou seus sentimentos sobre o problema, é hora de expressar o que você quer da outra pessoa. Informe ao seu parceiro exatamente aquilo que você quer dele ou dela. "Eu realmente iria agradecer um pouco mais de ajuda sua na casa a partir de agora." Esta é uma boa forma de expressar o que você quer, sem culpar ou utilizar uma expressão de raiva. Mais uma vez, este não é o momento para fazer surgir conflitos passados no seu relacionamento. Toda vez que você precisar utilizar a resolução de conflitos no seu relacionamento, você só deve se concentrar no atual problema em questão. Mantenha as coisas antigas fora disso; não faz nenhum bem lembrar de argumentos antigos.
  • Depois de vocês dois terem discutido exatamente o que você quer de seu parceiro, é hora de avançar com formas de fazê-lo efetivamente! Vamos dizer que você está chateada com a falta de ajuda na casa e seu cônjuge concorda em ajudá-lo mais. Depois de terem chegado a esta conclusão, dêem idéias sobre maneiras de alcançar essa meta. Poderia ser tão simples como apenas confiar no seu amado para tomar a iniciativa de fazer mais, ou pode ser que você vai escrever uma lista de coisas para o seu parceiro fazer em casa. Na verdade só depende do relacionamento do casal. O ponto é encontrar uma solução viável para os dois.
  • Implementar da solução é o último passo na resolução de conflitos. Ambas as pessoas devem seguir com o acordo. É importante que se continue a discutir a questão e se certificar que o acordo está sendo honrado e que ambas as pessoas envolvidas estão contentes com a forma como isso está indo.


Resolução de conflitos é uma forma saudável de resolver problemas que possam surgir em um relacionamento. Por que não experimentá-la no seu para ver o que acontece?