Como sair da dívida do cartão de crédito: livre-se da dívida

Milhões de americanos estão em dívida com o cartão de crédito, e procurando maneiras de sair. Se você é um deles, eu sinto sua dor. Existem poucas coisas mais frustrantes do que assistir a uma parte de seu cheque ir para vários credores cada mês. E quando você presta atenção e tenta lentamente pagar os cartões de crédito, você também percebe que o saldo dos cartões permanece o mesmo, graças aos encargos financeiros, taxas de limite ou juros de mora. Você está mais do que merecendo ter algum alívio na dívida do cartão de crédito. O carrossel da dívida do cartão de crédito é um passeio que a maioria das pessoas quer saltar fora. Estas soluções para a dívida do cartão de crédito devem ajudar. Aqui estão algumas coisas que eu mesmo tentei, ou vi outras pessoas tentarem, na luta para saber como eliminar a dívida do cartão de crédito.

•    Pare com os gastos! Naturalmente, muitas pessoas ficam em dívida no cartão de crédito por fatos que estão além de seu controle, tais como despesas médicas, desemprego repentino, ou outras emergências. Mas vamos admitir - muitos de nós tem dívidas porque "queremos o que queremos, quando queremos". Assim nós compramos coisas, mesmo quando sabemos que, no fim do mês, ainda não teremos dinheiro para paga-las. A "coisa" que nós gastamos com ela pode não ser muito importante no dia seguinte, ou até mesmo dez minutos depois, mas vamos comprá-la de qualquer jeito. Vamos nos preocupar arcando com isso mais tarde. Desejamos o “rush das compras”, ou podemos dizer a nós mesmos “eu mereço isso”, após um árduo dia de trabalho, ou nós pensamos nos pequenos rostos sorridentes quando presenteamos o mais recente brinquedo. Gastar pode ser viciante. E mesmo que você só esteja gastando pequenos montantes, tudo isso se soma. Uma das principais soluções para a dívida do cartão de crédito é parar de gastar.

Na verdade, você não pode mesmo saber quanto gasta. Especialistas sugerem um acompanhamento de quanto você gasta, e onde você gasta, como numa dieta onde dizem para você monitorar o que comer e quando comer. Isso pode lhe dar uma grande revelação. Ou, você pode simplesmente desistir. Basta parar de levar os cartões de crédito com você ao sair de casa (ou deixar de fazer compras online). Veja como se sente ao parar de comprar. Um pouco nervoso? Pena que não há nenhuma fórmula para deixar o hábito de fazer compras! Seja forte! E mais uma vez, não invente desculpas. Sua sobrinha já tem cinco Barbies, ela não precisa de outra!

Matemática simples comprova que se você tiver somente uma renda, e um monte de dívidas no cartão de crédito, então você precisa escolher o que fazer - gastar comprando coisas ou pagar a dívida? Naturalmente, ninguém está dizendo que você deva passar fome, mas comer fora, comprar uma roupa nova ou equipamento, ou comprar DVDs na Blockbuster - não são necessidades. São coisas que as pessoas têm de sacrificar, se quiserem eliminar a dívida do cartão de crédito.

•    Pague em dia. Se sua meta é eliminar a dívida do cartão de crédito, você deve parar de aumentar a dívida de qualquer maneira. Isso significa parar de gastar. Mas isso também significa que você deve ter certeza que não acumulou qualquer taxa por pagamentos em atraso. Se você pagar o seu saldo mínimo com um dia de atraso, será cobrada uma taxa. Às vezes, isso tem o efeito de duplicar a sua taxa mensal. Pior ainda, pode afetar a taxa de juros, e você vai acabar pagando mais no seu saldo.

E há outra maneira das taxas atrasadas pegarem você. Se o seu cartão está perto do limite, a taxa final pode colocá-lo acima do limite. Isso significa que, quando a sua próxima declaração vier por aí, você terá uma taxa extra a pagar por atraso, potencialmente, uma maior taxa de juros, e uma nova taxa de financiamento por ultrapassar seu limite de gastos. Isso pode acabar sendo um ciclo vicioso.

Às vezes, você simplesmente não pode fazer esse pagamento. Se por algum motivo, você não pode pagar a sua fatura mensal, deverá contatar a empresa do cartão de crédito com a maior antecedência possível, e ver o que você pode fazer. Além disso, cadastre-se para pagar as contas online. Dessa forma, você não precisa se preocupar com o boleto recebido pelo correio. Em vez disso o site vai te dizer quando o pagamento será depositado na conta. Às vezes, é "imediatamente".

•    Pague mais que o mínimo. Eu adoro quando as pessoas dizem isso. Apetece-me dizer "Se eu pudesse pagar mais que o mínimo, eu não teria toda essa dívida!" Mas o conselho é verdadeiro. Se você pagar mais do que o mínimo, você pode reduzir o seu saldo mensal. Você pode reduzir o encargo financeiro acrescentado a seu cartão no final do mês. Ou, acredite ou não, você pode realmente pagar parte do capital do mês. Difícil de acreditar, eu sei. Se possível, tente sair da dívida do cartão de crédito, pagando mais do que o saldo mínimo, mesmo que seja apenas algum dinheiro.

•    Faça uma lista. Outra forma de eliminar o cartão de crédito é deixar de ser um prisioneiro de saldos mínimos espalhados por múltiplos cartões. Torne-se um eliminador de dívidas do cartão de crédito, e crie uma lista positiva, começando com o cartão com a mais alta taxa de juros, ou talvez o pequeno e incômodo pagamento que você tem de fazer a cada mês em um saldo de duzentos dólares. Sim, para muitos de nós é difícil pagar mais do que o mínimo, mas guarde uns trocados, e se concentre em se livrar de um cartão de cada vez. Você liberará mais dinheiro mensalmente, com cada cartão que eliminar, o que permitirá você começar a pagar mais do que apenas o mínimo em seus outros cartões, e isso é outra chave para sair da dívida do cartão de crédito. Além disso, não subestime o impulso emocional de ver a declaração de saldo zero. E, além do mais, um cartão com saldo zero melhora sua taxa de crédito/débito, um fator utilizado quando as empresas calculam seu potencial de crédito.

•    Procure por taxas mais baixas, ou mude para cartões de taxa mais baixa. Outra forma de eliminar a dívida do cartão de crédito é eliminar as taxas de juros super altas que você está pagando pelas várias compras em vigor. Existem duas maneiras de fazer isso. Primeiro você pode ligar para sua empresa de cartão de crédito e pedir uma menor taxa de juros, ou algum outro tipo de baixa - renúncia a um encargo financeiro, por exemplo. A segunda maneira de se livrar das hediondas taxas é encontrar um novo cartão de crédito que ofereça baixas taxas de juros para transferências de saldo. Adeus velho cartão, com taxas de 29%, Olá novo cartão com uma taxa de 18%. Basta ter o cuidado de ler o contrato do novo cartão, pois eles podem aumentar uma taxa muito rápido em alguns desses cartões, para pagamentos em atraso, e eles também podem cobrar uma boa quantia pela transferência do saldo.


•    Segure seu dinheiro. Pode parecer contraditório, para sair da dívida, você tem que pagar seus cartões de crédito, o que toma todo o seu dinheiro. Mas então você fica sem dinheiro, e precisa fiar-se em seus cartões de crédito. Uma chave para eliminar a dívida do cartão de crédito é recusar-se a cair em tal situação novamente. Por mais insuficiente que o montante possa ser, guarde dinheiro em uma conta poupança para a próxima vez que você se deparar com uma situação de emergência (ou, ok, sua sobrinha de repente precisar de outra Barbie...), você não terá que contar com dinheiro das outras pessoas – e a taxa de juros – para pagar.

Agora você sabe como sair da dívida do cartão de crédito. Débitos no cartão de crédito podem ser um dreno emocional, causar problemas financeiros quando você for fazer uma compra, como um carro ou uma casa, e pode mantê-lo sem gastar dinheiro da maneira que você realmente quer gastá-lo. Sair dessa dívida também pode ser financeiramente doloroso e emocionalmente desgastante, mas o resultado final vai valer a pena. Eu digo e garanto.