Como ensinar noções de orçamento para as crianças: ferramentas de orçamento para crianças

Os seus filhos compreendem o valor de um real? As crianças muitas vezes acham que para ganhar dinheiro é só ir a um caixa eletrônico, onde o dinheiro aparece magicamente. Na verdade, o conceito de ganhar dinheiro e de orçamento é estranho para a maioria das crianças. Ensinar seus filhos a estabelecer um orçamento é um passo importante para lhes fazer ter respeito pelo dinheiro ao longo da vida. Aqui estão algumas dicas para pais sobre como ensinar orçamento às crianças:

  • Ensine o seu filho a ganhar dinheiro. Antes que seu filho possa aprender a criar o orçamento, ele precisa ter algum dinheiro para trabalhar. Até mesmo crianças podem compreender o conceito de trabalhar por dinheiro. Fça o seu filho fazer as tarefas domésticas e pague-lhe uma mesada razoável a cada semana. Não fique pensando em quanto outras famílias estão dando de mesada a seus filhos a cada semana - dê uma quantia que pareça razoável em troca do trabalho que é feito e está dentro do orçamento da sua casa. É melhor definir uma quantidade por semana em vez de apenas pagar o seu filho por cada tarefa que ele fizer. Enquanto uma mesada pode ser uma ferramenta valiosa para ajudar a ensinar a seus filhos sobre o valor de um real, você deve ser cuidadoso para não deixá-lo transformar-se em uma situação onde a criança espera ser paga a cada vez que você pedir para ela fazer alguma coisa.
  • Compre um cofrinho. Um cofrinho é a primeira ferramenta de uma criança quando se trata de poupar dinheiro. Quase toda criança tem um cofrinho – e a maioria das crianças gostam de ouvir o tilintar das moedas ao colocá-las no cofre.
  • Use recursos visuais. Jarros de dinheiro podem ser uma ferramenta muito útil de usar para ensinar seu filho sobre orçamento. Dê ao seu filho três frascos para que ele deposite dinheiro - um frasco pode ser usado para gastos do dia-a-dia, um frasco pode ser usado para economizar para itens mais caros, e uma jarra pode ser utilizada para poupanças de longo prazo (para depois ser depositado em uma conta bancária de poupança). Uma quarta jarra também pode ser implementada, com dinheiro para instituições de caridade ou outras causas dignas.
  • Abra uma conta poupança para as crianças. Crianças de todas as idades devem ser ensinadas que é importante orçar o dinheiro a ser colocado em uma conta poupança. É sábio abrir uma conta poupança para a criança quando ela ainda é um bebê, uma vez que muitas crianças recebem presentes monetários na sua festa de batizado ou aniversários (e todo o dinheiro dado a você em nome do seu filho deve ser colocado na conta bancária dele também). Para ajudar a fazer a poupança do seu filho crescer, deposite pelo menos metade de todos os presentes em dinheiro e mesadas na conta bancária dele. Este é um ótimo conselho de gestão do dinheiro para seu filho ouvir quando ele é jovem. Quando o seu filho tiver idade suficiente, ele vai gostar de ir ao banco com você para depositar seu dinheiro. Certifique-se de mostrar ao seu filho como o dinheiro dele cresce e como os juros são calculados a cada mês.
  • Ajude seu filho a calcular quanto tempo vai demorar para economizar para algo que ele quer. Digamos que seu filho  está querendo um novo jogo de videogame que custa 100 reais. Sem dúvida, vai demorar muitas semanas de mesadas para economizar para tal item. Ajude seu filho a calcular quantas semanas de poupança serão necessárias para economizar para grandes compras e ajude-o a separar um valor definido para o jogo de vídeogame (ou qualquer grande item que o seu filho deseja). É importante ensinar ao seu filho as estratégias  para poupar dinheiro para que eles percebam que, com paciência, essa é uma meta atingível.
  • Use algumas ferramentas de orçamento. Há alguns livros excelentes disponíveis que podem ajudá-lo a ensinar seu filho sobre orçamento. Além disso, considere o uso de planilhas de orçamento para ajudar seu filho a controlar as suas despesas.
  • Dicas para os Pais: Não compre tudo que o seu filho quer. Uma criança que é acostumada a ganhar tudo que quer vai ter dificuldade de entender o conceito de orçamento.


Dê um bom exemplo. Se o seu filho vê você comprando compulsivamente ou passando os cartões de crédito o tempo todo, ele vai receber a mensagem errada sobre o dinheiro. Em vez disso, faça compras em promoções e aponte as suas poupanças para o seu filho. Use cupons de desconto e tenha um cofrinho da família ou jarra de dinheiro que todos vocês usam para economizar para as coisas especiais, como viagens e passeios de um dia. Com o tempo, os bons hábitos serão transmitidos aos seus filhos e farão uma impressão duradoura.