Como Fazer Venda a Descoberto (Short-Selling) com Imóveis: Evite a Hipoteca e a Falência

No setor imobiliário, uma venda a descoberto é uma venda que acontece quando o empréstimo pendente contra a propriedade é maior que o valor de mercado do imóvel em si. Uma venda a descoberto representa uma solução para um proprietário que não pode pagar sua hipoteca e quer sair da propriedade, sem manchar o seu crédito e perfil financeiro através de uma declaração de hipoteca ou falência. Nem todos os bancos consideram a venda a descoberto, mas muitos sim. Você vai precisar de um concessor de empréstimo/banco disposto e do comprador para concluir uma venda a descoberto.   Se você está com pressa para vender a sua casa, eu recomendo fortemente que você verifique Sold in 21 Days  (Vendido em 21 Dias) - você pode aprender a vender sua casa rapidamente e pelo melhor preço possível.

Você quer aprender sobre venda a descoberto? Aqui está como fazer isto:

  • Valor Confirme o valor do imóvel pondo um agente imobiliário para realizar um Comparativo de Análise de Mercado (CAM).
  • Custos associados à venda de bens imóveis. Descubra o que você vai gastar ao vender a propriedade. Totalize custos da publicidade, quaisquer taxas de corretagem/comissões em que possa incorrer, bem como os custos de fechamento do negócio. Pergunte ao seu corretor de hipoteca sobre as taxas associadas com ao fechamento. Tenha certeza de incluir todas as taxas legais em seus cálculos.
  • Valor total do empréstimo. Totalize todos os créditos em relação a propriedade.
  • Faça os cálculos. Subtraia a quantidade total de dinheiro devido em relação a propriedade do rendimento esperado da venda.O número restante representa o "descoberto" da venda a descoberto. O credor irá levar este número em consideração quando decidir se a venda a descoberto ou não é apropriada.
  • Assistência jurídica. Você pode querer considerar contratar um advogado ou um amigo da família que esteja na profissão de advogado para ajudá-lo com o negócio. Este artigo pode lhe dar uma idéia geral sobre a venda a descoberto, mas não pode substituir o aconselhamento jurídico.
  • Contador. É uma boa idéia ter um contador na venda a descoberto antes de prosseguir. Existem implicações fiscais na venda a descoberto, assim como em qualquer transação imobiliária. Você precisa saber exatamente o que você deve antes de entrar em um cenário de venda a descoberto.
  • Encontre um comprador. A fim de fazer uma venda a descoberto, você vai precisar de um comprador para pagar a quantia em dinheiro que o seu credor vai aceitar. O novo comprador não assumirá sua hipoteca, pelo contrário, a venda do imóvel irá resultar em que você pague a hipoteca diretamente e que o comprador tenha suas próprias novas hipotecas sobre o imóvel.
  • Contate credores. Agora é hora de ter um credor envolvido com o negócio. Indique-lhe que você está interessado em uma venda a descoberto, e compartilhe as informações na sua propriedade específica com ele. Dependendo da porcentagem do valor estimado que você oferecerá ao banco, o credor poderá aceitar o seu negócio ou não. Pode ser difícil encontrar um concessor de emprestimo com autoridade para aceitar desconto para o pagamento do empréstimo, então não acho que o primeiro corretor que você chamar aceitará o caso.
  • Provando insolvência. Você tem que provar que é incapaz de pagar a hipoteca toda e/ou se manter atualizado com os pagamentos mês a mês. O credor irá realizar outro processo de pedido de hipoteca para descobrir se você é, de fato, incapaz de ter a responsabilidade financeira que você concordou quando começou a hipoteca original. Se a raiz de seus problemas financeiros ocorreram antes de você receber sua primeira hipoteca, o credor pode ter uma acusação de fraude contra você, deste modo cuidado. Além disso, sabemos que os concessores de empréstimo quase nunca vão fazer vendas a descoberto de imóveis com segunda hipoteca uma vez que o credor da segunda hipoteca não ficará feliz em perder seu investimento.
  • Vender o imóvel. Uma vez que o credor aceite o negócio, e você tem um comprador, você ficará livre para vender o imóvel. O credor vai querer ver um contrato entre o vendedor e o comprador, indicando que o preço de venda é o valor exato do pagamento que o banco estará recebendo do vendedor. O banco quer ter certeza que você (o vendedor) não estará embolsando o dinheiro extra fora do negócio.
  • Benefícios para o credor. Os credores e os bancos rotineiramente colocam imóveis em hipoteca, a fim de obter seu dinheiro de volta em uma situação em que o mutuário não pague. Uma venda a descoberto pode ser uma alternativa atraente para o credor, em alguns casos. Em uma venda a descoberto, o credor não tem que lidar com algumas das coisas desagradáveis de uma hipoteca, incluindo o processo de despejo, honorários advocatícios, os custos associados com a venda da propriedade, danos à propriedade, e todos os atrasos que são susceptíveis de ocorrer no processo. Mesmo que o banco esteja recebendo menos dinheiro, eles estão recebendo "agora".
  • Benefícios para o comprador. O comprador recebe uma propriedade com um desconto.
  • Benefícios para o vendedor. O benefício para o vendedor é que ele sai do negócio sem ter que declarar falência e ter de ir para hipoteca. Seu relatório de crédito não será afetado por este negócio também.


O negócio da venda a descoberto pode ser uma maneira criativa para salvar o seu crédito e evitar declarar falência. Tenha certeza que falará com um advogado, um concessor de empréstimo competente, bem como um contador para verificar os detalhes da venda a descoberto, com especial referência à sua situação. Boa sorte na venda a descoberto do seu imóvel!