Como beneficiar-se de jogos e desafios educativos

Os jogos e desafios educativos são uma maneira muito eficaz de transformar aprendizagem em diversão. Uma criança que resiste a abordagens educativas educativos pode aceitar a aprendizagem através de jogos e desafios educativos. Adultos podem continuar aprendendo durante toda a vida, desafiando a si mesmos com jogos educativos que ampliam a sua mente. Experimente algumas dessas idéias, se você estiver pensando em colher os benefícios dos jogos e desafios educativos.

•    Mesmo as crianças mais novinhas podem beneficiar-se dos jogos e desafios educativos. Jogos e desafios em madeira, cortados em formas, podem ensinar as crianças sobre formas e cores. Muitas vezes estes jogos e desafios têm seguradores sobre as peças, que permitem aos menorzinhos manusearem facilmente estas peças.

Além disso, os desafios em que as diferentes formas devem ser identificadas e separadas são muito adequados para os menores. Os mais simples têm apenas quadrados, círculos e triângulos. Classificadores mais complicados têm formas adicionais, tais como losangos e hexágonos, para desafiar um pouco mais as crianças pequenas.

Além de ensinar formas e cores, estes jogos e desafios educativos iniciais beneficiam as crianças pequenas ajudando a desenvolver suas habilidades motoras.

•    À medida que as crianças menores crescem, podem passar para jogos de madeira mais desafiadores, como os que ensinam o alfabeto, os números ou os estados. Há também muitos jogos feitos de papelão resistente, que alcançam os mesmos objetivos.

Outro tipo de jogo que é benéfico para crianças que estão começando a andar (e, portanto, já têm uma certa maturidade motora e neurológica), pré-escolares e crianças nas duas primeiras séries são os jogos em blocos (de madeira, plástico, espuma). Há jogos que desafiam as crianças a copiarem um desenho que está em um cartão; requerem que a criança utilize habilidades de resolução de problemas.

•    Depois que as crianças aprendem a ler, a variedade de jogos educativos realmente se expande. Desafios de palavras cruzadas, labirintos, caça-palavras, anagramas, desafios mentais, todos podem ser utilizados para tornar a aprendizagem divertida para os alunos.

Os jogos tradicionais tornam-se mais desafiadoras nessa idade, também. Os jogos em 3-D possibilitam aos participantes recriarem prédios históricos como a igreja de Notre Dame, ou a Torre Eiffel.

Desafios como o Cubo Mágico (ou Cubo de Rubik), antigos jogos de madeira em que é fácil separar as peças mas muito difícil reuni-las novamente, jogos em que há peças de metal interpostas entre as de madeira, e outros, podem enriquecer o raciocínio espacial, o pensamento crítico e as habilidades matemáticas. Podem, também, ensinar artes e o valor da paciência e da determinação.

•    Existem muitos sites que oferecem jogos educativos online. Tire algum tempo para encontrar esses sites com seus filhos. Quando eles pedirem para usar o computador, dê a eles permissão para acessar os sites onde se pode jogar estes jogos e desafios.


•    Jogos e desafios educativos não são apenas para crianças. Os adultos podem aprender com muitos dos mesmos jogos e desafios que enriquecem a experiência de crianças mais velhas. Palavras cruzadas, jogos e desafios lógicos, todos podem proporcionar aos adultos um desafio estimulante. Só porque já concluímos a educação formal, não significa que nós, adultos, não podemos exercitar a nossa mente.

•    Para obter o máximo benefício dos jogos e desafios educativos, torne-os facilmente disponíveis e acessíveis para os membros da sua família.

•    Incentive todos na família a jogarem com desafios educativos, definindo uma noite de jogos  em família, onde todos resolvem desafios juntos. Deixe as crianças pequenas participarem, mesmo se não são capazes de resolverem os jogos. Coloque-as para jogar com uma criança mais velha ou adulto, que podem ajudá-los.

Cuidados:

Só dê a crianças abaixo de três anos jogos educativos que sejam seguros para elas. Não deve haver peças pequenas que possam engolir, ou que possam asfixiá-las.