Como escolher suplementos de licopeno

O licopeno é um derivado do tomate que é responsável por dar às frutas e produtos hortícolas uma cor vermelha de maduro. O licopeno é um poderoso antioxidante e importante na medida em que não só fornece benefícios antioxidantes a todo o organismo, mas também pode ajudar pessoas com condições específicas, como asma por exercícios induzidos, pré-eclâmpsia, câncer de próstata, queimaduras solares e degeneração macular. Tomar licopeno pode contribuir para evitar a aterosclerose, reduzir o risco de câncer e melhorar a função imunológica.

As ações do licopeno como potente antioxidante podem impedir o estresse oxidativo e danos de DNA. Devido à sua ação antioxidante, o licopeno está sendo estudado pelo seu papel na prevenção do câncer de próstata, pulmão, pâncreas e estômago. Há baixas ocorrências de problemas cardíacos em mulheres que têm níveis mais elevados de licopeno, e uma diminuição geral de câncer entre culturas com elevada utilização de molhos e pastas de tomate. Já que o licopeno tem tantos benefícios e não ter contra indicações de superdosagem, ele é um bom suplemento para adicionar às suas vitaminas.

  1. Identifique sua fonte natural de licopeno e determine se você precisa de mais. Os alimentos que contêm licopeno incluem tomate, melancia, goiaba e toranja rosa, mas é geralmente mal absorvido em alimentos frescos. Curiosamente, alimentos como molho de tomate, suco de tomate, tomate, pasta de pizza e molho proporcionam uma forma mais absorvível de licopeno do que o tomate fresco, então você pode tentar beber suco de tomate e fazer molho de tomate com mais freqüência. Se você não conseguir licopeno o suficiente através dos alimentos, você pode adicionar suplementos de licopeno através de vitaminas.
  2. Selecione a dosagem necessária para seus requisitos médicos. Apesar da dose certa de licopeno não ser conhecida, pesquisas disponíveis sugerem comer 10 porções de produtos à base de tomate por semana ou 6-15 mg de licopeno ao dia para benefícios antioxidantes. As doses variam de acordo com condições sanitárias específicas. Por exemplo, para se proteger do câncer, uma dose mínima de 6,5 mg por dia é recomendada. Quanto à condições asmáticas, os suplementos de licopeno mostraram ajudar pessoas com asma induzida por exercício que tomaram 30 mg / dia. Doenças ligadas à próstata exigem 6 a 7 mg de licopeno ao dia. Mulheres grávidas ou lactantes devem checar com um médico antes de usar suplementos de licopeno.
  3. Determine o preço. O licopeno é facilmente disponível na maioria das drogarias e está contida em muitos multivitaminicos. Uma vez que não existem considerações especiais relacionadas à qualidade ou vitaminas que têm de ser tomadas em conjunto com licopeno para ser eficaz, qualquer marca de vitamina que você confia é uma forma aceitável de licopeno. Há vários multivitaminicos com licopeno  para homens que tem um bom preço.
  4. Verifique a existência de efeitos colaterais, interações medicamentosas e reações alérgicas.Efeitos adversos foram relatados com o uso de licopeno e não existem interações medicamentosas conhecidas. Algumas substâncias, como a colestiramina, colestipol, óleo mineral, e orlistat podem diminuir a absorção do licopeno, se tomados ao mesmo tempo. Algumas cápsulas de vitamina contêm soja, levedura, trigo, açúcar, sal, soro de leite, glúten, nozes ou crustáceos; se você tiver alergia a algum desses itens, você deve sempre verificar o rótulo da vitamina.